Faz Iogurte Vegetal

Fazer iogurte vegetal é um acto de liberdade!

Fazeres o teu iogurte vegetal é um acto ainda mais libertário. Os iogurtes vegetais comerciais são caros, pouco diversificados e mais difíceis de encontrar. O YogurtNest torna-os baratos e diversificados. Podes fazer desde 1 frasco até encher o teu YogurtNest com frascos, em camadas, escolher o tamanho e forma dos frascos que vais usar. Usa a tua bebida vegetal caseira ou de compra e escolhe os ingredientes que lhe vais adicionar para dar sabor, antes ou depois de estar pronto, para o tornares absolutamente irresistível. O teu limite será a tua imaginação!

Reutiliza o teu iogurte para fazer os seguintes e não terás de voltar a comprar iogurte!

 

 

Se usares bebida vegetal comercial, escolhe a que tiver maior percentagem de cereal ou oleaginosa e menos aditivos.

Podes FAZER A BEBIDA VEGETAL CASEIRA para IOGURTE, o que te permitirá poupar, ainda mais, o ambiente e a tua bolsa e podes fazer os que não existem no mercado. Podes adquirir os cereais e oleaginosas a granel, em boa parte dos nossos revendedores, levando os teus frascos para as compras. Adiciona, em média, 2 medidas de água a 1 medida de cereal ou oleaginosa previamente demolhado, tritura bem e aquece no robot de cozinha ou panela. Deverás obter uma consistência de creme ligeiro, pois se estiver demasiado líquido, o teu iogurte ficará também líquido ou com separação de fase aquosa e fase mais espessa. Depois, quando a temperatura estiver nos 50ºC, segues para o Passo 3 que podes ver aqui em abaixo.

Para demolhar, colocas numa taça, submersos com água morna, os flocos de aveia durante 2 horas, e os mais duros, como amêndoa ou caju, durante 8 horas ou uma noite. Descarta a água de demolha, pois contém ácido fítico, que reduz a absorção dos sais minerais. Sugerimos retirar a casca da amêndoa, para evitar um travo azedo na bebida e iogurte. Podes aromatizar, ao triturar, adicionando, por exemplo, baunilha, canela, cacau, chocolate, coco ralado, tâmaras ou alperces demolhados, mel, geleia de arroz, compota, puré de fruta cozida, mas não fruta fresca, pois tem demasiada água e perturba a fermentação.

Se usares bebida vegetal caseira filtrada com o Better Cloth, poderás ter de adicionar espessante, para que não fique demasiado líquida. No caso da aveia, por ser gomosa, se a usares filtrada, aquece até a bebida ficar cremosa, mexendo sempre na panela, e poderás não ter necessidade de adicionar espessante.

Podes FAZER A BEBIDA VEGETAL CASEIRA para BEBER, adicionando, em média, 3-4 medidas de água a 1 medida de cereal ou oleaginosa previamente demolhado e triturando bem. Podes aromatizar tal como te dissemos e juntar 1 pitada de sal e 1 casca de limão. Filtra-a com o Better Cloth e a ajuda de uma taça funda e coador, tal como para o iogurte grego, ou espremendo, e aproveita o resíduo para o incorporares na massa de biscoitos, bolos ou hamburgers vegan. A bebida conserva-se 3-4 dias no frigorífico, numa garrafa de vidro fechada. Agita bem antes de usar.

 

Um desafio: já pensaste em fazer iogurte de bebida de castanha ou bolota fermentada? Nós já, espreita nas Receitas!

 

Antes de começares, lê estas NOTAS IMPORTANTES:

*  Para fazeres iogurte de soja, usa o mesmo processo que usarias para fazer iogurte lácteo. Vê como se faz aqui.

*  Para fazeres os outros iogurtes vegetais, deverás usar, como inóculo, um pouco de iogurte lácteo ou, no caso de desejares um iogurte puramente vegetal, um pouco de iogurte de soja ou outro iogurte vegetal, seja de compra ou do que tu fizeste. Poderás, ainda, usar um starter probiótico comercial, facilmente disponível em lojas de produtos naturais ou farmácias ou parafarmácias, sob a forma de probiótico para uso geral ou para fazer iogurte, em saquetas ou cápsulas. Escolhe os que têm na composição as duas bactérias que fermentam o iogurte: Lactobacillus bulgaricus e Streptococcus thermophilus.

*Se não desejas consumir leite de origem animal ou tens alergia ou intolerància à lactose ou proteína do leite (APLV), verifica a composição, pois alguns probióticos podem ter leite de vaca em pó adicionado, além de açúcares, como meio de cultura para as bactérias se desenvolverem.

* Podes usar OUTROS INÓCULOS como kefir, Viili, kombucha, rejuvelac ou uma colher de outros produtos fermentados, mas devido a na sua composição ter outras diferentes bactérias presentes e por serem culturas mesófilas, devem ser fermentados à temperatura ambiente dentro do YogurrtNest, mais do que 6 horas, até estarem consistentes e com cheiro a fermentado/azedo, sendo que o resultado serão bebidas vegetais fermentadas com consistència, textura e sabor diferentes do iogurte.

* Podes adicionar uma colher de açúcar para ajudar a fermentação.

* Para fazer IOGURTES VEGETAIS PARA BEBÉS, a bebida vegetal mais suave é a de arroz e os espessantes usados nas fórmulas comerciais de leite adaptado para bebé são a farinha de semente de alfarroba, amido de milho, amido de arroz e amido de batata. O Psyllium é desaconselhado por ser laxante.

 

Vamos, então, ver como podes usar o YogurtNest para fazeres iogurtes vegetais:

Passo 1

Aquecer

Passo 2

Juntar o espessante

Passo 3

Inocular

Passo 4

Incubar

Passo 1: Aquecer
Aquece a bebida vegetal (aveia, arroz, coco, …) caseira ou comercial no fogão, micro-ondas, robot de cozinha ou, mesmo, num fogão de campanha, se te encontrares nos Himalaias. Para bebida de soja, usa o procedimento do iogurte com leite de origem animal.

Passo 2: Juntar o espessante
Este é o outro segredo dos iogurtes vegetais. Tal como na indústria, também, aqui, temos que usar um agente espessante vegetal, para darmos consistência ao futuro iogurte, quando usamos bebidas vegetais comerciais, que têm elevada percentagem de água. Adiciona à bebida vegetal comercial o espessante e aquece até obter um creme ligeiro, dissolvendo bem com vara de arames ou varinha mágica, para evitar grumos. A goma guar/goma xantana/farinha de semente de alfarroba (3 c.chá/L), amido de milho/farinha de araruta (3 c.s./L) e tapioca (4 c.s./L) dão textura cremosa; o agar-agar (0,5 c.s./L) dá textura gelatinosa, sendo necessário ferver 5 minutos. O iogurte espessa mais ao fermentar e arrefecer.

Já sabes que se fizeres bebida vegetal caseira espessa com consistência de creme ligeiro, não necessitas de espessante.

Passo 3: Inocular

Deita nos frascos e deixa arrefecer até aos 50ºC, pois as bactérias do iogurte fermentam a 43ºC. Usa termómetro ou um truque: tens de conseguir segurar o frasco quente 10 segundos.

Adiciona probiótico desidratado, em cápsula ou saqueta, que contenha Lactobacillus bulgaricus e Stretptococcus thermophilus ou 1 colher de sopa de iogurte vegetal ou lácteo (se não pretenderes que seja 100% vegetal)/Litro. Adiciona a colher de iogurte à panela ou robot de cozinha ou, em proporção, a cada frasco e mistura. Para frascos com menos de 200ml, usa 1 colher de café de iogurte, para evitar que arrefeça demasiado.

Passo 4: Incubar
Fecha o(s) frasco(s) e acondiciona-o(s) no interior do YogurtNest, em camadas, tapando com a boina e fechando com a fita. Deixa a incubar 6 horas, após as quais o teu iogurte vegetal estará pronto para ser degustado. Não agitar durante a fermentação. Podes consumir morno ou guardar no frigorífico, o que tornará o iogurte mais consistente.

 

QUAL O ESPESSANTE QUE DEVO ESCOLHER? Depende do teu gosto e dos que tiveres disponíveis. Nestas imagens, podes ver a consistência do iogurte vegetal feito com bebida vegetal de compra de aveia, usando 9 espessantes diferentes. Os que menos aconselhamos são o psyllium, pela textura viscosa e o agar-agar, pela textura de gelatina. Podes usar o agar-agar em conjunto com outro espessante. Para quem está a começar, os mais fáceis de usar são a goma guar, por espessar rapidamente, e o amido de milho, pois provavelmente já o terás em casa. Podes ver as consistências em video no Destaque “Vegan Yogurt” das stories do instagram YogurtNest.

IMPORTANTE: Tens mais questões? Estão respondidas nas nossas Dicas! Vai lá espreitar antes de começares. . E quando tiveres o iogurte pronto, junta-lhe estas deliciosas granolas bio da nossa Loja YogurtNest Foods!

Partilha connosco as tuas aventuras gastronómicas com o teu #yogurtnest !